Chegou o que você esperava

Chegou o que você esperava

segunda-feira, 30 de março de 2015

0 Última entrevista de Neguinho em video

0 Empresário Stênio Melo de Serra Talhada, morre em acidente

stenio-melo
O empresário Serra-talhadense, Stênio Melo, mais conhecido por Stênio da Nara Balões, morreu após perder o controle do veículo em que ele estava, no início da manhã de desta segunda-feira (30), na PE-418, no trecho que liga Serra Talhada a Santa Rita.

Segundo informações preliminares, Stênio conduzia um veículo com um reboque engatado, quando o reboque se desprendeu e o mesmo veio a perder o controle do veículo capotando na pista.
O empresário ainda foi socorrido para o HOSPAM (Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães), em Serra Talhada, mas acabou morrendo em cirurgia.
Fonte - Blog Nayn Neto

0 GASTANÇA PÚBLICA: Congresso vai custar R$ 1, 4 milhão a mais por dia em 2015

derrama_dinheiro_publico
Nos últimos quatro meses, o Congresso Nacional contou com o aumento de diversos benefícios para os parlamentares. Os salários subiram 26,6% e chegaram a R$ 33.763,00. Na Câmara dos Deputados também foram elevados gastos com verba de gabinete, auxílio-moradia e cota de atividade parlamentar. O impacto dos ajustes já está no orçamento: o Congresso custará R$ 1,4 milhão a mais por dia em 2015.
A Câmara dos Deputados e o Senado Federal devem gastar juntos, este ano, R$ 9,3 bilhões, o equivalente a R$ 25,4 milhões por dia, ou pouco mais de R$ 1 milhão por hora. A maior parcela é para a Casa dos deputados, que contará com orçamento de R$ 5,4 bilhões. Já o Senado tem R$ 3,9 bilhões autorizados para despesas.
No ano passado, o orçamento autorizado para as Casas foi de R$ 8,7 bilhões, isto é, R$ 24 milhões por dia. Houve então, uma alta anual de 6,9% na previsão dos dispêndios do Congresso. Sendo que R$ 4,9 bilhões foram orçados para Câmara e R$ 3,7 bilhões para o Senado.
Dessa forma, a maior elevação se deu na Câmara dos Deputados: 8,5% ou R$ 420,7 milhões foram acrescentados ao orçamento do órgão. Grande parcela do aumento se deve aos gastos com salários e benefícios. Cerca de R$ 346,7 milhões foram incorporados ao pagamento de pessoal e encargos.
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), defendeu que os aumentos apenas corrigem as despesas de acordo com a inflação e não vão significar alta de gastos. “Todo acréscimo será compensado com a redução correspondente em outras despesas que já foram quantificadas e serão cortadas. Se tivesse qualquer aumento de despesa, nós não faríamos”, afirmou.
Apesar disso, o orçamento da Casa também prevê elevação nas chamadas “despesas correntes”, que devem chegar a R$ 911,3 milhões este ano, contra os R$ 842,8 milhões do exercício passado. Os valores incluem, por exemplo, material de consumo, serviços de terceiros e locação de mão de obra.
No Senado o acréscimo foi menor. As despesas previstas passaram de R$ 3,7 bilhões para R$ 3,9 bilhões, isto é, aumento 3,5%. O aumento também se deu principalmente no pagamento de pessoal e encargos que passou de R$ 3,1 bilhões em 2014 para R$ 3,9 bilhões este ano. As despesas com outras despesas correntes e investimento, no entanto, caíram.
Além dos salários dos parlamentares, os dispêndios com pessoal e encargos incluem o pagamento de 18,7 mil servidores efetivos e comissionados da Câmara e outros 9,3 mil do Senado. Os R$ 7,5 bilhões destinados para esse grupo de despesa representam 80,8% do orçamento do Congresso neste ano.
As despesas, descritas no orçamento aprovado na semana passada pelos parlamentares, ainda compreendem o total de R$ 1,5 bilhão com despesas correntes, R$ 312,2 milhões com investimentos, R$ 980 mil com amortização da dívida e R$ 245 mil com juros e encargos da dívida.
O valor orçado para o ano é semelhante a soma dos dispêndios previstos de três ministérios: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (R$ 3,3 bilhões), do Meio Ambiente (R$ 3,2 bilhões) e da Cultura (R$ 3,3 bilhões).
Aumentos nos gastos
O aumento de gastos no Congresso poderia ser maior. A Câmara chegou a aprovar que deputados e deputadas poderiam comprar passagens aéreas para trazer esposas e maridos para Brasília. Diante da repercussão negativa, o presidente da Câmara decidiu recuar da medida.
No que concerne aos aumentos dos gastos globais das Casas, quase nenhum parlamentar criticou as medidas, mas o deputado Chico Alencar reconhece que vai gerar um desgaste. “A população nos olha já de banda, achando que a gente tem muitas facilidades, e isso só agrega desconfiança. Nós temos hoje, com os valores atuais, condições muito boas de exercer o mandato”, diz.
Contrários ao aumento salarial dos parlamentares, os senadores Aloysio Nunes (PSDB-SP) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) classificaram a medida como inoportuna diante do atual cenário econômico do país.
“Projetos como esse têm um impacto grande nas contas públicas, em razão das vinculações constitucionais. Há muitas incertezas sobre a situação fiscal do Brasil”, ponderou o tucano. “Estamos em recessão técnica desde agosto. Talvez fosse mais adequada uma proposta mais condizente com a inflação”, apontou Randolfe.

Fonte - Contas Abertas

0 Banco Central terá moeda especial para aniversário de 50 anos


  O BC (Banco Central) vai lançar na próxima segunda feira (30) a moeda comemorativa bimetálica, em alusão aos 50 anos da instituição.

  A moeda exibe, de um lado, a vista da fachada do Edifício-sede do Banco Central do Brasil em Brasília, com a inscrição “50 Anos”. No anel dourado, as legendas “Banco Central do Brasil” e “1965-2015”.
  Do outro lado, permanece o padrão da moeda de R$ 1 da segunda família, sendo que, no núcleo prateado, há uma esfera sobreposta por uma faixa de júbilo e a constelação do Cruzeiro do Sul em alusão à Bandeira Nacional. Ainda no anel dourado, está presente um grafismo indígena marajoara.
As moedas terão tiragem total de 50 milhões de unidades e entrarão em circulação na própria segunda-feira por intermédio da rede bancária, como as demais moedas de circulação comum que integram o meio circulante.

Fonte - R7

0 Menina síria se rende ao confundir câmera fotográfica com uma arma

Um fotógrafo capturou nesta sexta-feira (27), na Síria, a imagem de uma criança que se rendeu em frente à sua câmera. Segundo informações do site Huffington Post, a pequena levantou os braços ao confundir o equipamento com um rifle.
O profissional que registrou a imagem queria retratar a realidade das crianças sírias, e não imaginou que a menina iria pensar que ele estava apontando uma arma para ela.
A fotografia mostra um exemplo de crianças que são marcadas desde muito jovens pela violência da sangrenta guerra civil que assola a região.
A imagem é a prova de que crianças de cinco anos já entendem como funcionam as armas e sabem como reagir para pedir socorro ou paz diante de um rifle.
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) estima que cerca de 14 milhões de crianças são afetadas pelos conflitos na síria.
Fonte - R7 

sábado, 28 de março de 2015

0 Gonzaga Patriota participa de reunião com Geraldo Alckmin



Junto com o governador Geraldo Alckmin, o vice-governador, secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do PSB no Estado de SP, Márcio França, recebeu, nesta sexta-feira (27/3), no Palácio dos Bandeirantes, 22 deputados do PSB na Câmara Federal, dentre eles estava o deputado federal Gonzaga Patriota. A bancada forte do PSB no Brasil conversou animadamente com o governador. Os parlamentares socialistas demonstraram preocupação com o momento político nacional e ficaram entusiasmados com os bons resultados do governo paulista, como, por exemplo, a instalação de 14 empresas nos últimos 70 dias, um investimento de R$ 4,52 bilhões que gerou 5.068 empregos diretos, fruto do trabalho da Secretaria de Desenvolvimento por meio da Investe SP.
O governador agradeceu a visita e falou aos parlamentares que é preciso fortalecer a Federação. Na conversa que antecedeu o encontro com o governador, ficou claro que os deputados do PSB se preparam para tratar dos grandes temas que virão, como a Reforma Política e a governabilidade.
Na ocasião, França apresentou aos parlamentares as propostas de criação de um aplicativo que incentive a participação popular nas discussões e nas votações dos deputados e de cursos virtuais da Fundação João Mangabeira, como forma de formar quadros prontos para atuar nas prefeituras e governos de estado.
Para o socialista, ficou clara a decisão do PSB de definir estratégia nacional em função do quadro político e econômico do País. “A meta é nos organizarmos politicamente e nos capacitarmos tecnicamente para atender o clamor das ruas, que hoje consiste no oferecimento, por parte do Poder Público, de serviços de qualidade”, destacou Marcio França.
Participaram do encontro em São Paulo os seguintes parlamentares federais:
Adilton Sachetti (MT), Átila Lira (PI), Bebeto (BA), César Messias( AC) , Fábio Garcia (MT), Fernando Coelho Filho (PE), Flavinho (SP), Gonzaga Patriota (PE), Heráclito Fortes (PI), João Fernando Coutinho (PE), José Stédile (RS), Keiko Ota (SP), Leopoldo Meyer (PR), Luciano Ducci (PR), Luiz Lauro Filho (SP), Pastor Eurico (PE), Paulo Foletto (ES), Rodrigo Martins (PI), Tadeu Alencar (PE), Tenente Lucio (MG), Valadares Filho (SE) e Vicentinho Júnior (TO).
Blog do Deputado Federal GONZAGA PATRIOTA (PSB/PE)

sexta-feira, 27 de março de 2015

0 ATENÇÃO: Golpe do Cartão de Crédito

260315golpe telefone
TRAUMA... GOLPE FÁCIL DE CAIR, veja como é a nova ação dos golpistas e observe que eles não pedem a sua senha. 
Você recebe uma chamada telefônia e o golpista diz:
- Estamos ligando do Departamento de Segurança do seu cartão (XXXXX), Meu nome é "Fulano de Tal" e meu número de identificação funcional é XXXX...
Logo em seguida vem a primeira pergunta:
- O Sr(a) realizou uma compra de (*qualquer coisa bem estranha que você geralmente não compraria*), através do seu cartão XXXX, no valor de R$ 497,99, ou outro valor, de uma empresa do Estado de (qualquer Estado do Brasil ou estrangeiro)?. É óbvio que você responde que não.
O golpista então lhe adverte:
- 'Provavelmente, seu cartão foi clonado e estamos telefonando para verificar. Se isto for confirmado, estaremos emitindo um crédito em seu favor. Antes de processar o crédito , gostaríamos de confirmar alguns dados: o seu endereço é XXXX?' (Eles ja possuem seu endereço que pode ser facilmente encontrado em listas telefônicas, via Internet, em algum documento "não importante" jogado ao lixo, etc...).
Ápos responder "sim", o golpista continua ...
- 'Qualquer pergunta que o Sr. tenha, deverá chamar o número 0-800 que se encontra na parte traseira de seu cartão e falar com um de nossos atendentes no Departamento de Segurança.
- Por favor, anote o seguinte número de protocolo'...
O larápio lhe forneçe então um número de 6 ou mais dígitos e pede: - O Sr. poderia lê-lo para confirmar?
Aqui vem a parte mais importante da fraude.
Ele diz então:
- Desculpe, mas temos que nos certificar de que o Sr. está de posse de seu cartão.
Por favor, pegue seu cartão e leia para mim o seu número.
Feito isto, ele continua:
- Correto. Agora vire o seu cartão e leia, por favor, os 3 ou 4 números (dependendo do cartão).
"Estes são os seus 'Números de Segurança (Pin Number), que serve para provar que você está com o cartão e outros métodos de segurança!
Depois que você informa os referidos números, ele diz:
- Correto! Entenda que era necessário verificar que o seu cartão não estava perdido nem tinha sido roubado, e que o Sr. estava com ele em seu poder, Isso confirma que o seu cartão foi mesmo clonado, infelizmente..
- O Sr. teria alguma outra pergunta?
Depois que você responde, o golpista agradece e desliga. Provavelmente, em menos de 10 minutos, uma compra via internet será lançada no seu cartão, e muitas outras, caso você tenha saldo e não perceba a fraude até a chegada do extrato.
Caso receba este tipo de ligação, não repasse dados pessoais como CPF, nº do Cartão ou Pin Number. Entre em contato com sua operadora através do 0800, que consta em sua fatura, mas, mesmo que você desligue, fica claro que a melhor maneira é estar sempre alerta e comunicar à sua operadora o fato ocorrido. Fica a dica importante!!

0 Câmara aprova projeto que transforma morte de policiais em crime hediondo

260315policia-militar-jundiai-01
Após manobra conduzida por parlamentares da chamada "Bancada da Bala", a Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (26), um projeto de lei que aumenta as penas para os assassinatos cometidos contra agentes de segurança e seus familiares e transforma esses crimes em hediondos.

O projeto agora vai ao Senado onde precisa ser apreciado. Caso o projeto seja aprovado no Senado, ele irá para a sanção presidencial.

A manobra organizada por parlamentares da Frente Parlamentar da Segurança Pública, também conhecida como "Bancada da Bala", foi responsável pelo acordo que resultou na aprovação do projeto.

Outro projeto de lei, este do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) e que havia sido colocado em pauta anteriormente, previa que tanto os assassinatos cometidos contra policiais e agentes de segurança como os cometidos por eles seriam considerados crimes hediondos e teriam suas penas aumentadas.

Os parlamentares da "Bancada da Bala", que tem delegados e policiais entre seus integrantes, organizaram um acordo para retirar o projeto da pauta e incluir um substitutivo que, na prática, excluiu o aumento da punição a policiais condenados por assassinato no exercício da sua função.

O substitutivo foi apresentado pelo deputado João Campos (PSDB-GO), que é delegado da Polícia Civil. Caso a lei seja sancionada, as penas para assassinatos de policiais e seus familiares (até o 3º grau, incluindo cônjuges ou companheiros) serão aumentadas em um a dois terços se ficar caracterizado que o crime ocorreu em razão da ligação da vítima com a atividade policial.

Deputados do PT protestaram contra a medida e pediram que um terceiro projeto de lei, que cria regras mais rigorosas para a apuração de mortes e lesões causadas por agentes do Estado, entre eles, policiais, também seja votado.

Polêmica

A discussão em torno do volume de mortes causadas por policiais militares no Brasil ganhou fôlego após a divulgação do relatório da ONG Anistia Internacional em fevereiro deste ano que indicou que, entre 2013 e 2014, PMs foram responsável por 2.000 assassinatos apenas nos Estados do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Em 2013, um estudo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública indicou que a polícia brasileira mata quatro vezes mais que a polícia dos Estados Unidos.

O aumento na quantidade de mortes policiais também tem sido alvo de polêmica. Segundo levantamento feito pela rede BBC divulgado em setembro do ano passado, em 2013, para cada quatro mortos pela polícia no Brasil, um policial é morto.

Fonte - UOL

0 MAIS AUMENTO: Medicamentos terão preços reajustados em 31 de março

medicamentos
O preço dos remédios deve ter reajuste máximo entre 5% e 7,7% neste ano, segundo estimativas da indústria farmacêutica. Os valores são superiores aos do ano passado, quando os índices variavam de 1% a 5,7%. Os percentuais oficiais de reajuste máximo permitido devem ser divulgados pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) no dia 31 de março. A previsão, no entanto, é que haja pouca variação em relação aos cálculos da indústria.
Em geral, o reajuste é dividido em três faixas, com base na concentração do mercado. Assim, medicamentos mais simples e produzidos por mais empresas costumam ter permissão de reajuste maior –uma vez que a indústria costuma baixar os preços para manter a concorrência. Entram nessa lista, por exemplo, medicamentos como omeprazol, usado para tratamento de gastrite, e amoxicilina, antibiótico usado para tratar infecções urinárias e respiratórias.
Na outra ponta, remédios fabricados por menos empresas, os quais as indústrias teriam facilidade para aumentar os preços, têm menor índice de reajuste permitido.
Ao todo, 19 mil produtos estão sujeitos ao novo reajuste. O aumento, no entanto, não chega imediatamente às farmácias. A previsão é que as primeiras variações de preço ocorram entre junho e julho, com a reposição dos estoques.
Indústria e varejo também podem praticar um reajuste menor do que permitido, principalmente em casos de produtos de grande concorrência.

Fonte - Jornal do Commercio 

0 Agricultoras do Sertão produzem 26 mil mudas nativas para recuperar a caatinga


Agricultoras do Sertão do Pajeú produzem cerca de 26 mil mudas nativas da caatinga para trazer de volta o verde à paisagem. A ação pretende recuperar áreas degradadas do bioma e é acompanhada pela ONG Casa da Mulher do Nordeste, através do Projeto Mulheres na Caatinga. 

Foram multiplicadas cerca de 10 espécies florestais nativas. São elas Baraúna, Angico, Umburana de Cheiro, Pereiro, Tamboril, Pajeú, Mulungú, Ingazeira, Aroeira, Angico, além de uma espécie frutífera nativa, o Umbuzeiro. 

O plantio é feito em viveiros de Afogados da Ingazeira, São José do Egito, Tabira, Mirandiba e Santa Cruz da Baixa Verde. No entanto, ainda entram no circuito 11 cidades da região. 

Somente no último ano, foram produzidas e distribuídas cerca de 19 mil mudas de espécies florestais nativas por 210 mulheres participantes do projeto. 

Fonte - Diario de Pernambuco